terça-feira, 20 de setembro de 2016

PRÉMIO NACIONAL DE ILUSTRAÇÃO

Criado em 1996, este Prémio é atribuído pela 
Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, 
com o objetivo de promover o reconhecimento da ilustração original e de qualidade nos livros para crianças e jovens.

Este ano, na 20ª edição do Prémio Nacional de Ilustração, referente às obras de 2015, o júri decidiu por unanimidade atribuí-lo ao conjunto de ilustrações do livro Dança, da autoria de João Fazenda (título e ilustrações).




Foram também atribuídas duas Menções Especiais às ilustrações da obra Verdade?!, de Bernardo P. Carvalho (título e ilustrações) e às ilustrações de Gato procura-se, de Yara Kono, com texto de Ana Saldanha.






A cerimónia de entrega do Prémio, vai decorrer no próximo dia 24 de setembro, 
na Galeria Nova Ogiva, em Óbidos.



"As ilustrações têm como objetivo principal comunicar significados, possibilitando à criança o prazer do jogo visual 
das formas e das cores."
Elisa Castro



 

Resultado de imagem para joao fazenda illustrationJoão Fazenda, nasceu em Lisboa, em 1979. É licenciado em Pintura pela Faculdade de Belas Artes de Lisboa. O seu trabalho atualmente divide-se entre a ilustração, o desenho, a banda desenhada, o cinema de animação e ocasionalmente a pintura. Colabora com regularidade na imprensa nacional e estrangeira. Ilustrou livros para todas as idades, capas de discos, cartazes de cinema e campanhas institucionais. Galardoado já com vários prémios e distinções, participa em exposições individuais e coletivas em várias partes do mundo. Atualmente vive e trabalha entre Lisboa e Londres.



Passa pela Biblioteca Municipal e fica a conhecer melhor o trabalho deste e de outros ilustradores.






sexta-feira, 16 de setembro de 2016

OLHA A LUA, MANEL, OLHA A LUA, MANEL

Todos a olhar para a Lua
Maria, João, António, Luís, Mafalda, Leonor, Carlos,
 Tomás, Salomé, Alice, Henrique, José, Ana, Miguel,  Sofia, Mónica, Carolina.


Às 17h54 de hoje, vamos olhar para o Céu e tentar perceber um fenómeno astronómico, 
que pode passar despercebido a quem não souber da sua ocorrência.

Ilustração Jennifer Gray Olson
Trata-se dum eclipse lunar ou da Lua, que ocorre quando o Sol, o planeta Terra e a Lua se encontram alinhados, com a Terra entre o Sol e a Lua. A Terra projeta "atrás" de si uma sombra e a Lua ao passar por essa sombra, fica obscurecida. O eclipse lunar ocorre sempre quando a Lua está na fase de Lua cheia.

Existem três tipos diferentes de eclipses da Lua, como podes verificar na imagem seguinte.





O que acontece hoje é um eclipse penumbral, que começa às 17h54, tem o seu ponto máximo às 19h54 e tem final previsto para as 21h53.
  
Na Biblioteca Municipal, tens à disposição muitos livros de astronomia, que explicam este e outros tipos de fenómenos interessantes.

Também podes encontrar:
Maria da Lua; Lua do Mar; Margarida na Lua; A Lua de Joana; O menino da Lua; O senhor que vivia na Lua; O homem que engoliu a Lua; O desejo da Lua; A que sabe a Lua?; A Lua é uma menina vestida de branco; Quando o homem beijou a Lua; A Lua não está à venda e muitas outras histórias com Lua cheia.



"Não leves a mal, João
mas não vou à Lua.
Bem sei que é bestial
o teu foguetão
parece uma mola
a saltar para o céu
a subir, a voar.
Desculpa, não posso ir
tenho os trabalhos de casa
para acabar."
in, Lua não muito obrigado!
de Carlos Pinhão

  







terça-feira, 6 de setembro de 2016

JUNTA-TE AO MAIOR MALUCO DO RISO

PREPARADOS??
Pois é, as férias grandes de verão estão na reta final, 
aproxima-se a passos largos o próximo ano letivo.

O que não significa que deixes de lado a brincadeira, só que vais ter menos tempo para isso, a prioridade, como sabes, vai ser a escola, o estudo, os trabalhos de casa, a concentração nas aulas.

Se estiveres bem disposto e divertido, a tua capacidade de aprendizagem melhora. Por exemplo, o riso é um fator importante no desenvolvimento das capacidades cognitivas, ou seja, na atenção, perceção, memória e linguagem, no raciocínio, na lógica.


Por isso, como queremos que estejas ainda mais entusiasmado com o novo ano escolar, desafiamos-te a soltar muitas gargalhadas, a rebolar no chão de tanto rir. E o Jamie Grimm, vai ajudar-te nessa "grande tarefa".

O Jamie é o maior maluco do riso, 
um rapaz que faz piadas bué cómicas, 
sentado na sua cadeira de rodas.



O Jamie vive nestes livros, 
que encontras na Sala Infanto/Juvenil da Biblioteca Municipal.

As suas piadas, de partir o coco a rir, já venderam cerca de 300 milhões de livros em todo mundo.

Ele está a tentar conquistar um lugar no concurso "O Miúdo Mais Cómico do Planeta", contando com a ajuda dos seus amigos Phineas e Ferb, da Miúda Fixe, e até dos seus tios maldispostos e do primo que passa a vida a atormentá-lo.
 
Ilustração Laura Park

"Às vezes nos meus sonhos, as pessoas dizem coisas estúpidas e malucas porque se esquecem de que eu ando numa cadeira de rodas.
Eh, pá, eles não têm culpa. Eu também gostava de me esquecer disso. Mas não posso.
É claro que tenho sempre esperança de, um dia destes, ver a publicidade a um medicamento-maravilha chamado Spinulax, ou qualquer coisa do género, que por magia me vai fazer andar outra vez. Infelizmente, era bem provável que tivesse uma lista de efeitos secundários bem pesadotes, como aqueles comprimidos a que fazem publicidade na televisão: «Spinulax pode causar obstipação e diarreia. Já para não falar da síndrome de morte súbita ... pois, aquela síndrome em que, ups, desculpa lá, se morre».
Ao acordar, estava no meu quarto. Na garagem. Voltei à realidade. E precisava de levantar o rabo da cama para ir para a escola"

A acompanhar os livros, estão uns óculos engraçados para colocares e rires ainda mais.





terça-feira, 30 de agosto de 2016

DIA INTERNACIONAL DO TUBARÃO-BALEIA

Celebrado anualmente a 30 de agosto

A data surgiu em 2012 com o objetivo de preservar este "bom gigante", que se encontra em perigo de extinção, devido à sua procura pelo Homem, para venda das suas barbatanas e carne, que são vendidas a preços elevados. Também por crescer lentamente, demorando cerca de 30 anos para atingir a maturidade, corre risco de ser capturado antes de se reproduzir.
Em alguns países estão protegidos por lei, mas noutros são caçados constantemente.


De nome científico Rhincodon typus, este tubarão é o maior tubarão e o maior peixe vivo conhecido, chega a medir entre 15 a 20 metros e pesar 12 toneladas. O maior tubarão-baleia já registado pesava 34 toneladas. Possui como características principais uma cabeça larga e achatada, a boca, que mede 5 metros, fica quase na ponta do focinho e na parte interna da boca tem uma centena de fileiras de pequenos dentes em forma de gancho, mas que não utiliza para comer, pois alimenta-se por sucção e filtração. Respiram pelos espiráculos, orifícios que têm atrás dos olhos. Possuem duas barbatanas dorsais e uma cauda que tem a parte superior maior que a inferior. A sua pele pode ter até 10 cm de espessura.

Tubarão-baleia Destiny, do filme Procurando Dory

Por incrível que pareça, este enorme tubarão é uma dócil criatura, inofensiva para o Homem e não é um grande predador dos oceanos. Alimenta-se de pequenos organismos, tais como pequenos crustáceos que formam o chamado plâncton, também comem alguns peixes e moluscos, como as lulas. São encontrados em oceanos quentes de clima tropical.

São animais vivíparos, ou seja, cujo embrião se desenvolve dentro do corpo da mãe, numa placenta que fornece nutrientes necessários para o seu desenvolvimento, mas não são mamíferos. Já foi encontrada uma fêmea que se encontrava grávida de 300 filhotes de tubarão.






sexta-feira, 26 de agosto de 2016

A MARIA TEM ... UM AMIGO

Quanto vale o teu amigo, Maria?
Não tem preço, o meu amigo.
Chama-se João.
Acaso sabes que não se pode comprar
O sorriso que a amizade faz brotar?


MARIA TEN ... UN AMIGU
Kantu ki bu amigu bale, Maria?
Nha amigu, ka ten présu.
E txoma Djon.
Pur akazu bu sabe ma ka ta kunpradu
Kel surizu ki ta ben di amizadi?


Sabes que o valor da amizade é inestimável e não tem preço, os amigos verdadeiros permanecem na nossa vida para sempre e tornam-na mais saborosa.

 
Ilustração Dawn Beacon

Mas, sabes em que língua se encontra o segundo verso acima? 
Trata-se da tradução do primeiro verso, em cabo-verdiano.


Na sala infanto-juvenil da Biblioteca Municipal encontras a Coleção Todos a ler, composta por 4 livros em língua portuguesa com tradução em cabo-verdiano, romeno, mandarim e ucraniano.


Quanto vale a amizade?
texto de Maria Lúcia Carvalhas
ilustração de Raquel Pinheiro
Editor CERCICA,
Cooperativa para a Educação e Reabilitação de
 Cidadãos Inadaptados de Cascais, C. R. L.



A MARIA TEM ... UM LIVRO 
Quanto vale o teu livro, Maria?
Não tem preço, o meu livro.
Tem todas as histórias do mundo
E, se eu não gostar do final,
Posso mudar, basta inventar.


MĂRIOARA ARE ... O CARTE 
Cât costă cartea ta Mărioara ?
Cartea mea nu are preț.
Toate poveștile din lume locuiesc aici, anume.  
Și dacă una nu-mi mai place,
O schimb cum vreau, și bună pace.
(Tradução em romeno)


A Maria e o João esperam-te na sala dos pequenos, para te apresentarem os seus amigos e para te ensinarem estas quatro línguas.


Podes levá-los para casa ou brincar com eles aqui na Biblioteca.



Ilustração Joy Nelkin Wieder





segunda-feira, 22 de agosto de 2016

VAMOS COLORIR A SEMANA

Através da arte de António Modesto

Ilustrador português de livros infanto-juvenis, 
António Modesto nasceu em Aguiar da Beira em 1957.


Estudou arte e design na atual Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, onde foi assistente, professor associado e presidente do Departamento de Design.
É professor de Design Gráfico na Escola Universitária das Artes de Coimbra.
Nos seus trabalhos reconhece-se um extremo cuidado na composição e no uso da cor, muito fiel ao lápis de cor e à aguarela. Especializou-se na ilustração do conto, tendo ilustrado livros de autores como Maria Alberta Menéres; Ilse Losa; Álvaro Magalhães; Luísa Ducla Soares; José Jorge Letria; Maria Rosa Colaço; Arsénio Mota; António Torrado.





António Modesto contribuiu para criar o Prémio Nacional de Ilustração e deu a conhecer muitos jovens talentos nesta área. Participa com regularidade em exposições nacionais e internacionais de ilustração.



Distinguido e premiado por diversas vezes, com destaque para:
  • Prémio Calouste Gulbenkian de Ilustração de Literatura para Crianças, 1982
  • Menção do V Premio Internacional Catalònia d´ Il Lustració, Barcelona, 1992
  • Vencedor do concurso e autor da mascote Gil da Expo ´98 (com o escultor Artur Moreira), Lisboa, 1993
  • Menção Especial The White Ravens, Internationale Jügend Bibliothek, Munique, 1994 e 1997
  • Diploma de Honra do Prémio Iberoamericano de Ilustração, Sevilha, 1994
  • Nomeado para a lista de Honra do IBBY, International Board of Books for Young People, 1998
  • Nomeado candidato português ao Prémio Hans Christian Andersen, 2002.







VAIS GOSTAR TAMBÉM DE:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger..."